AAPPE apresenta experiências exitosas em seminário da saúde municipal

 

 

 

 

A Associação de Amigos e Pais de Pessoas Especiais - AAPPE foi convidada, na última semana, a apresentar algumas experiências exitosas no contexto da audiologia educacional do Centro Especializado em Reabilitação - CER III, unidade Jatiúca, em Maceió. A apresentação acorreu durante  Seminário de Experiências Exitosas dos CERs, vinculados a de Gerência de Atenção a Pessoa com Deficiência da Secretaria Municipal de Saúde de Maceió, que aconteceu no Hotel Ponta Verde.

Para a coordenação do CER III da AAPPE, responsável pelo programa de reabilitação auditiva de usuários Surdos com/sem fluência em Libras, o objetivo do trabalho multidisciplinar da unidade é estimular linguagem, os processos de aprendizagem, melhorar a interação social e de comunicação dos usuários.

"As sessões de terapia acontecem uma vez por semana com duração de 30 minutos. Realizamos trabalhos em grupos com no máximo seis usuários e individual com crianças em fase de desenvolvimento da linguagem. O nosso maior diferencial é que os usuários da AAPPE são orientados pela equipe da Assistência Social que levanta as necessidades relacionadas a saúde e educação desses indivíduos", destacou Jadson Souza, coordenador da AAPPE.

No CER III, os usuários tem acesso acompanhamento médico especializado, exames e a aquisição de próteses, órteses e outros meios auxiliares que proporcionam qualidade de vida, como a aquisição de aparelhos auditivos.  No processo educacional, o Instituto Bilíngue de Qualificação e Referência em Surdez - Ires, projeto que nasceu na AAPPE, dá suporte aos usuários e famílias que necessitam desenvolver a Língua Brasileira de Sinais - Libras.

Além da AAPPE outras instituições como a Associação Pestalozzi de Maceió, a Associação dos Deficientes Físicos de Alagoas - Adefal e Associação dos Pais e Amigos Excepcionais - Apae apresentaram seus trabalhos de maior relevância.   

Plano Viver sem Limite

Plano Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência, que é responsável pela implantação dos Centros Especializados em Reabilitação - CER por todo Brasil, foi instituído pelo decreto 7.612/2011 que ressalta o compromisso do Brasil com a Convenção da ONU para os Direitos das Pessoas com Deficiência, conta com a participação de 15 ministérios e da sociedade civil organizada para a promoção de políticas e execuções de projetos nos eixos: Educação, Saúde, Inclusão social e Acessibilidade.

 

Tags: CER, Surdez, Libras, Auditivo, Ires